A DOENÇA DE CHAGAS

Uma doença silenciosa e invisível.

SITUAÇÃO DA DOENÇA DE CHAGAS NA AMÉRICA LATINA

A doença de Chagas é uma doença transmitida a pessoas e animais, através de um vetor conhecido como “barbeiro”, infectado com o parasita Trypanosoma-cruzi. Tal patologia parasitária pode afetar o coração ou o sistema digestivo e nervoso daqueles que a padecem, produzindo diferentes graus de invalidez ou inclusive a morte.

A doença de Chagas é uma das endemias mais importantes na América Latina e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem 10 milhões de pessoas afetadas por essa doença em toda a região.

No Brasil, a OMS contabilizou 1.200.000 casos durante 2015 e, além disso, a Sociedade Brasileira de Medicina Tropical advertiu que morrem mais de 6.000 pessoas a cada ano por causa da doença. No México, existem em torno de 1.100.000 de habitantes infectados e, o Instituto Nacional da Saúde Pública, adverte que 15.000 pessoas podem morrer este ano. Na Colômbia, estima-se que existem 1.200.000 casos e 8.000.000 de indivíduos com risco de contrair a infecção.

slide2_1920x1200
slide1_1920x1200

Atualmente, a incidência da doença de Chagas aparece especialmente em regiões rurais e naquelas áreas cujas condições de vida e moradias são precárias. Porém, os movimentos migratórios das populações rurais para as áreas urbanas geraram um aumento de infectados pela doença de Chagas nas cidades onde não há presença do vetor.

Sem dúvida, a doença de Chagas é um problema sócio-sanitário que afeta a saúde pública de toda América Latina.

SITUAÇÃO DA DOENÇA DE CHAGAS NA AMÉRICA LATINA